sábado, fevereiro 26, 2005

 

Irã: jornalista condenado a 14 anos de prisão

O jornalista Arash Sigarchi foi condenado a 14 anos de prisão. A sentença foi proferida por um tribunal revolucionário do Irã, na última terça-feira (22/02), e desencadeou campanhas internacionais pela libertação do jornalista.

A organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) pediu ao presidente daquele país, Mohammad Jatamí, para que liberte Arash. O Comitê para a Proteção dos Bloggers lançou uma campanha internacional e o caso está sendo denunciado à ONU.

O jornalista se encontra preso desde 17 de janeiro, na cadeia de Lakan, en Rashat. Arash Sigarchi, redator chefe do diário Gylan Emroz, tem há cerca de três anos um blog político e cultural, www.sigarchi.com/blog, no qual teceu algumas críticas ao regime e usou o seu blog para denunciar a prisão de outros jornalistas de internet.

Ele já havia sido preso em 27 de agosto de 2004, por publicar no blog um artigo, com foto, de uma concentração de familiares de presos executados em 1989. Desde então a polícia o estava pressionando constantemente.

"As autoridades estão tentando fazer dele um exemplo. Esta sentença severa, tem como objetivo dissuadir jornalistas e usuários de internet a se expressarem na rede e impedir a comunicação com veículos estrangeiros, jornalistas e internautas. O presidente do Irã não pode alegar que não é o responsável por esta prisão, principalmente porque Arash foi preso pelo Ministério da Inteligência, que responde diretamente ao presidente", declarou a RSF.

Dias antes de ser preso, Sigarchi deu entrevistas ao Serviço Persa da BBC e à Rádio Farda, financiada pelos Estados Unidos, provocando a ira das autoridades iranianas.

Sigarchi fo acusado de praticar uma série de crimes contra o Estado iraniano, inclusive de espionagem, insulto ao fundador da República Islâmica do Irã, aiatolá Ruhollah Khomenei, e ao atual líder supremo do país, aiatolá Ali Khamenei. "Mas, na realidade se encontra preso por suas atividades como weblogger e jornalista", denuncia a RSF.

Cerca de 20 jornalistas de internet foram presos no Irã, na atual onda de repressão. As autoridades estão combatendo a crescente popularidade dos weblogs, restringindo o acesso a grandes sites que lidam com o gênero dentro do país.

Outro blogueiro iraniano, Motjaba Saminejad, que usou o seu site para noticiar a prisão de blogueiros, também está detido.


Comments:
Como fazer um currículo
Como fazer um curriculum vitae
Como fazer um currículo
Como fazer um curriculum
 
Hi Blogger, I have been visiting sites for hours and I really like what you have done with your blog. Informative and interesting! In fact I found your site just after
I visited plan
It's not exactly what I was looking for but it was nonetheless interesting to read.
 
Hi Blogger, I was just blog surfing and found you! Wow, I really like this one.
It’s such a pleasure to read your post …. Interesting! I was over at another site

looking at plan

and they didn't go into as much detail as you, but nonetheless interesting.
 
You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it »
 
Postar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?